ESQUADRIAS

As esquadrias de alumínio representam cerca de 20% do volume total de caixilhos produzidos no país. Nas últimas três décadas, as esquadrias de alumínio vêm conquistando o mercado nacional, desde os especificadores até o consumidor final. Entre os quatro materiais – aço, alumínio, PVC e madeira -, os caixilhos de alumínio são os que apresentam melhores índices de crescimento. Isto se deve, em primeiro lugar, às características do material: o alumínio é leve, estrutural e de baixa manutenção.

 

As esquadrias fabricadas com alumínio são esteticamente bonitas, possibilitam ampla variedade de cores e tons em pintura eletrostática a pó ou anodização, harmonizando-se com a decoração de interiores.

 

- VANTAGENS

Tecnicamente, o alumínio é de extrema versatilidade, adequando-se aos mais variados tipos de projetos e de dimensões de vãos.

 

Permite a fabricação de esquadrias em todas as tipologias (abrir para dentro ou para fora, abrir e tombar, com persiana de alumínio integrada, maxim-ar, correr, entre outras).

 

Recebe vidros simples, duplos insulados e laminados, mesmo os de espessuras maiores. É, também, o material que melhor aceita todos os componentes (acessórios) e elementos de vedação (escovas de vedação, borrachas de EPDM, silicone).

 

Quando bem projetados, construídos e instalados de acordo com as normas técnicas, os caixilhos de alumínio apresentam elevado desempenho quanto à estanqueidade ao vento e à chuva, e a pressão de ventos.

 

Por tudo isto, os caixilhos de alumínio são os preferidos da arquitetura e da construção civil nos edifícios residenciais, comerciais e institucionais, tanto de áreas urbanas como industriais e litorâneas.

 

Internacionalmente, o alumínio é o único material tecnicamente viável para a execução de fachadas cortinas.

 

É importante lembrar que o alumínio é um material leve, tem função estrutural, é de baixa manutenção, permite a fabricação de esquadrias nas variadas tipologias, com design atualizado e pode ser curvado.

 

A limpeza do alumínio é simples, exigindo apenas água e sabão neutro. Nunca utilizar materiais abrasivos na limpeza, como esponja de aço ou de espuma de poliuretano. Para reavivar a cor e o brilho dos caixilhos pintados pode ser usada cera automotiva.

 

Outra regra importante é jamais instalar a esquadria de alumínio anodizado antes da conclusão da obra: respingos de concreto comprometem a anodização. Antes de executar qualquer tipo de pintura nas paredes, independente do tipo de tinta (a óleo, látex ou cal) é preciso proteger as esquadrias com fitas adesivas de pvc – não utilizar fitas tipo crepe que podem manchar o caixilho. No caso de contato da tinta com a esquadria, limpar com pano seco e, depois, com pano umedecido em água com detergente neutro.

 

- ANODIZAÇÃO E PINTURA

O tratamento de superfície (pintura eletrostática a pó ou anodização) é feito por indústrias especializadas.

 

O perfil de alumínio é tratado antes da fabricação da esquadria, sempre de acordo com a especificação feita pelo arquiteto, no caso das especiais.

A pintura é oferecida em ampla tabela de cores bastante, com cerca de 30 tonalidades. No entanto, é possível a obtenção de uma cor especial, sob consulta. A tendência em arquitetura são os tons pastéis, especialmente o branco.

A anodização é sistema consagrado pelo mercado brasileiro de arquitetura, que vem usufruindo a possibilidade de utilizar cores, como bronze, prata e  dourado. A camada de anodização do perfil é medida em micras.

- TIPOLOGIAS

 

Quanto às tipologias, durante muitos anos o mercado deu preferência pelas esquadrias de correr de dois ou três planos, especialmente para os dormitórios. Hoje, já se observa o crescimento das integradas em edifícios residenciais de médio e alto padrão pois estas, oferecem uma iluminação praticamente de 100% no ambiente, o que não ocorre com as de 3 planos com veneziana.

Para as áreas de serviço, cozinha e banheiro as tipologias mais adequadas são a maxim-ar (reversíveis ou não) e a pivotante.

 

 

 

 

O living e as salas (sala de jantar, escritório e outras), de tímidos ou amplos vãos, abrem sempre a possibilidade de o arquiteto ‘brincar’ um pouco mais com as tipologias. As opções vão desde a tradicional porta de correr que fecha o living para a varanda às sofisticadas esquadrias que compõem alumínio na face externa e madeira na interna, pivotantes, curvas em planta, camarão, com ou sem persiana externa.

 

 

 

- PREÇOS

 

As esquadrias de alumínio têm preços variados, atendendo a todos os padrões de edificações, desde as mais simples até as mais sofisticadas. Produzidas sob projeto (especiais) para construções verticais e horizontais, ou padronizadas, seu preço será definido por fatores como complexidade do projeto, tipologia, robustez dos perfis, padrão dos componentes e do tratamento de superfície. Ilustrando:

 

● Quanto maior a espessura dos perfis de alumínio, mais cara será a esquadria.
 

● Uma esquadria de correr com folhas de vidro e de veneziana será mais econômica do que uma janela integrada – folhas de vidro e persiana externa de alumínio projetante de enrolar. No entanto, a integrada é considerada a melhor tipologia para dormitórios por permitir abertura de 100% do vão, ventilação graduada e grande conforto de operação ao usuário

JANELA DE BANHEIRO
ESQUADRIA DE ALUMÍNIO
JANELA DE ALUMÍNIO
JANELA DE ALUMÍNIO
MAXIM-AR
JANELA EM ALUMÍNIO 4 FOLHAS MÓVEIS
JANELA EM ALUMÍNIO 4 FOLHAS
ARMÁRIO DE COZINHA
PORTÃO DE ALUMÍNIO E VIDRO
CORRIMÃO EM ALUMÍNIO
PORTA EM ALUMÍNIO DE ABRIR
PORTA EM ALUMÍNIO VENEZIANA
PORTA EM ALUMÍNIO VENEZIANA

© 2016 GWR Vidraçaria e Esquadrias

  • Facebook - Grey Circle
  • Google+ - Grey Circle